Sinal analógico será desligado em 17 de janeiro, na região

Fique ligado! O canal analógico de TV será desligado em 17 de janeiro do próximo ano.

Quem tem aquelas TVs mais antigas e assiste aos canais abertos e gratuitos, deve ficar atento!

Ligue 147 e saiba mais informações ou entre no site http://www.sejadigital.com.br/home

Têm direito a retirar o conversor digital quem recebe ou participa de algum programa do Governo Federal. Veja abaixo se você está inserido em algum programa abaixo:

01 – Tarifa Social de Energia Elétrica

02 – Programa Minha Casa Minha Vida

03 – Carteira do Idoso

04 – Programa de Erradicação do Trabalho Infantil

05 – Telefone Popular

06 – Isenção de Pagamento de Taxa de Inscrição em Concursos Público

07 – Programas Cisternas

08 – Água para Todos

09 – Bolsa Verde (Programa de Apoio à Conservação Ambiental)

10 – Aposentadoria para Pessoas de Baixa Renda

11- Programa de Fornecimento às Atividades Produtivas Rurais/Assistência Técnica e Extensão Rural

12 – Programa Nacional de Reforma Agrária

13 – Programa Nacional de Crédito Fundiário

14 – Crédito Instalação

15 – Carta Social

16 – Serviços Assistenciais

17 – Programa Brasil Alfabetizado

18 – Bolsa Estiagem

Proposta de Sistema Municipal de Ensino chega à Câmara

Foi protocolado na manhã de hoje, 23 de novembro, o Projeto de Lei 75/2017 que institui o Sistema Municipal de Ensino no município de Vinhedo. A proposta pretende dar mais autonomia para a rede municipal, para dar cumprimento ao Plano Municipal de Educação.

Aparentemente na contramão de propostas autoritárias, apresenta pontos importantes, dando mais poderes ao Conselho Municipal de Educação e amplia as possibilidades de participação da comunidade nos rumos da educação municipal. Vou analisar com calma e dialogar com os profissionais da educação de nossa cidade. Mas, a princípio, aparenta ser uma proposta positiva.

Para conhecer o Projeto de Lei 75/2017 clique aqui

Praticamente sem debate, projeto que altera o regime dos Servidores entra na Câmara

Na tarde de hoje, 27 de outubro, foi protocolado na Câmara o Projeto de Lei Complementar 007/2017 que faz alterações radicais no regime jurídico de todos os servidores públicos municipais de Vinhedo, de celetista para estatutário.
O texto do projeto busca ainda a autorização de um Fundo Municipal de Previdência. Esta é uma polêmica que precisar ser analisada com muita calma pois cidades da região passaram por escândalos de malversação desses fundos. Especialmente em uma situação onde a Prefeitura está com o caixa quebrado.
O governo fez palestras reservadas para iniciar uma explicação sobre o tema e havia se comprometido a fazer uma discussão ampla antes de enviar o projeto. Mais uma vez, não cumpriu a palavra.

Para ler a íntegra do Projeto e da mensagem do prefeito à Câmara clique aqui

Governo comemora índices de 2014. Números atuais revelam queda de todos os indicadores.

A propaganda de hoje da Prefeitura sobre o IPRS é de 2014. Em saúde (longevidade) Vinhedo é o 79° no Estado.Vamos entender os números reais.

O governo de Vinhedo está divulgando e patrocinando hoje propaganda a respeito da classificação da cidade no Índice Paulista de Responsabilidade Social. Até ai, tudo bem, faz parte do jogo democrático.

No entanto, a propaganda omite no título uma informação importante: os dados são de 2014. O texto também é ufanista e não expressa os comparativos corretos. Então gostaria de fazer alguns comentários.

1 – Os dois índices sociais considerados, longevidade e escolaridade, mantiveram-se estáveis, de 2012 para 2014 e colocavam Vinhedo nas posições 79 e 67 no Estado de São Paulo, respectivamente;

2 – O que joga a cidade para uma posição um pouco mais favorável é a variável riqueza. É inegável, Vinhedo é uma potência econômica, a questão é o uso que se faz desse dinheiro.

3 – A taxa de mortalidade infantil (por mil nascidos vivos) cresceu de 6,81, em 2012, para 8,12, em 2014;

4 – Os poucos índices mais recentes indicam queda geral nos indicadores econômicos e sociais;

5 – Um exemplo é o indicador da Fundação Abrinq, sobre desnutrição infantil. Vinhedo tinha 5,3% de crianças desnutridas em 2014 e subiu para 8% em 2016

https://observatoriocrianca.org.br/cenario-infancia/temas/seguranca-alimentar-nutricional/596-desnutricao-relacao-entre-altura-e-idade-em-menores-de-5-anos?filters=1,201;3940,201;3940,201;3940,201;3940,201;3940,201;3940,201;3940,201;3940,201;3940,201;3940,201;3940,201;3940,201;3940,201;3940,201;3940,201;3940,201;3940,201;3940,201;3940,201

6 – Do ponto de vista da gestão dos recursos a situação é mais delicada. O município rolou ladeira abaixo. Em 2011 ocupava a posição 29º no Brasil e 10º no Estado de São Paulo e agora aparece em 2.850º no ranking nacional e 365º no estadual.

http://www.firjan.com.br/ifgf/consulta-ao-indice/consulta-ao-indice-grafico.htm?UF=SP&IdCidade=355670&Indicador=1&Ano=2016

7 – Não se trata aqui de comemorar a queda que está ocorrendo a olhos vistos e vai ter consequências não somente nos indicadores, mas na vida concreta dos cidadãos. Faço um alerta para que sejam feitas as correções necessárias, e mais, que se evite comemorar números com comparativos forçados e que não expressam a realidade atual (2017).

Procuradoria Federal solicita multa e apuração de crime de desobediência

Na noite desta quarta-feira, 11 de outubro, véspera de feriado, o Procurador Federal, Dr. Aureo Marcus Makiyama Lopes, protocolou oficialmente pedido de aplicação de multa e apuração de crime de desobediência, em razão do descumprimento de ordem judicial.

Para a Procuradoria, o governo de Vinhedo, além deixar a população desassistida, está tentando enganar o poder judiciário federal:

“Resta bastante claro que o normal atendimento da UPA 24 h significa o pleno atendimento à população atendida pelo SUS, de forma integral, com equipe de profissionais suficiente e realização de exames, bem como toda estrutura que a UPA disponha até a decisão do município em reduzir”

O Ministério Público Federal solicitou a aplicação de multa diária a contar do início do descumprimento da liminar, ou seja, do dia 07 de outubro. Pediu também a apuração de crime de desobediência possivelmente cometido pelo Prefeito e pelo Secretário de Saúde.

Para ler a íntegra do documento clique aqui