Na tarde de hoje, 27 de outubro, foi protocolado na Câmara o Projeto de Lei Complementar 007/2017 que faz alterações radicais no regime jurídico de todos os servidores públicos municipais de Vinhedo, de celetista para estatutário.
O texto do projeto busca ainda a autorização de um Fundo Municipal de Previdência. Esta é uma polêmica que precisar ser analisada com muita calma pois cidades da região passaram por escândalos de malversação desses fundos. Especialmente em uma situação onde a Prefeitura está com o caixa quebrado.
O governo fez palestras reservadas para iniciar uma explicação sobre o tema e havia se comprometido a fazer uma discussão ampla antes de enviar o projeto. Mais uma vez, não cumpriu a palavra.

Para ler a íntegra do Projeto e da mensagem do prefeito à Câmara clique aqui