Regras do jogo para eleição em Vinhedo vão sendo definidas

No final da tarde de hoje o número de eleitores, de acordo com o Cartório Eleitoral, era de 54.875 (sujeito a alterações) e, à noite, a Câmara decidiu que serão 13 vereadores na próxima legislatura. Coeficiente deve ficar em torno de 3.170 votos. Saiba mais.

A menos de 5 meses das eleições municipais que ocorrerão em 02 de outubro, as regras para a disputa dos mandatos de prefeito, vice e vereadores estão sendo fechadas. Além das mudanças da minirreforma política e eleitoral, existem também variáveis municipais.

Ver principais mudanças aprovadas pelo Congresso em:

http://www.reformapoliticademocratica.org.br/saiba-o-que-muda-nas-eleicoes-municipais-de-2016-com-a-reforma-politica/

http://www.tse.jus.br/imprensa/noticias-tse/2015/Outubro/serie-reforma-eleitoral-2015-regras-para-mudanca-de-partido-ficam-mais-rigidas

A principal regra do município é o cociente (ou coeficiente) eleitoral que define o número mínimo que cada partido ou coligação precisa alcançar para ter direito a vereadores na próxima legislatura. A regra provoca muitas dúvidas, então farei uma breve síntese.

Para se chegar aos números de vagas que cada agrupamento político terá representado é preciso primeiro saber qual será o número aproximado de eleitores que efetivamente irá às urnas e validará seu voto (sem anular ou votar em branco). Portanto, exclui-se no cálculo abstenções, nulos e brancos.

No final da tarde de hoje, 09 de maio, o número fechado no Cartório Eleitoral era de 54.875 eleitores em Vinhedo. No entanto, ainda estão sendo processados títulos de cidadãos que agendaram nos últimos três dias antes do prazo final (04 de maio), bem como de eleitores que pediram transferências para outras cidades.

Mas para efeito de entendimento, vamos adotar números mais arredondados. No caso, 55.000 eleitores. Adotemos também as tendências da eleição de 2012. Na eleição anterior cerca de 25% do eleitorado da cidade, ou não foi votar, ou votou branco ou anulou o voto.

Como a Câmara definiu esta noite o número de cadeiras no Poder Legislativo em 13 já podemos ter a primeira estimativa do cociente eleitoral. Obtém-se esse número dividindo o possível número de votos válidos para vereador, pelo número de vagas na Câmara.

Ou seja, 75% (mantendo-se a tendência) de 55.000 eleitores deverá girar em torno de 41.250. Dividindo por 13 (treze) e, arredondando, chegamos ao número aproximado de 3.170 eleitores. Bem mais do que os 2.606 da disputa anterior.

Nenhum partido ou coligação, consegue colocar algum vereador se não tiver essa quantidade mínima de votos na soma de seus candidatos. Toda vez que uma coligação proporcional atingir este número, entra um vereador.

Depois de realizada a distribuição entre as coligações usando o coeficiente inteiro, passa-se para a média das melhores sobras, até finalizar as cadeiras.

Anúncios

Muito obrigado por sua contribuição.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s