Vale a pena sonhar e lutar!

O dia 7 de outubro de 2012 representa muito na minha vida. Não é uma simples vitória eleitoral, mas sim a expressão de anos de trabalho e dedicação. É a consolidação também de um respeito conquistado.

É uma alegria imensa ver meu partido eleger uma bancada de dois parlamentares. Especialmente, por se tratar de um amigo, coordenador das minhas campanhas anteriores. É um orgulho ter um lutador como Valdir Barreto ao meu lado.

Nós, do PSOL, mostramos que é possível vencer uma campanha sem fazer baixaria. Também provamos que se pode dialogar com a população sem usar carro de som e cavaletes. Fomos duros na defesa dos interesses sociais, mas sem ofender nossos adversários.

Não é simples ganhar uma eleição em Vinhedo. O poder econômico de algumas candidaturas é assustador. A compra de votos foi uma triste realidade. Por isso, ser um dos vereadores eleitos mais votados da cidade, com uma campanha limpa, não tem preço!

Infelizmente, a perseguição política também foi uma marca dessa campanha. Algumas visíveis e outras nem tanto. Boatos foram espalhados, falsos perfis na internet (fakes) foram criados para nos atacar.

Meu sigilo fiscal e tributário foi violado. Processos absurdos foram protocolados. Falsas denúncias anônimas foram armas utilizadas por quem temia nossa vitória. Como se não bastasse, no último dia da campanha, meu irmão sofreu um atentado que poderia ter lhe tirado a vida.

A campanha Rodrigo Paixão Vereador não comprou votos, não fez churrascos, não prometeu emprego e não vendeu ilusões para os vinhedenses. Apresentei minha história, minhas propostas e meus projetos.

Percorri todos os bairros e condomínios de Vinhedo. Visitei, inclusive, os cantinhos da cidade e as áreas rurais. Dialoguei com milhares de pessoas nestes três meses, apresentando a ideia de uma nova política para nossa cidade.

Tive a honra de ter votos em todas as 135 seções (urnas), divididas em 21 colégios eleitorais. Minha votação é a expressão de como será meu mandato: para toda a cidade e não somente para alguns segmentos.

Muito obrigado àqueles que, mesmo não votando, sempre deixavam palavras de otimismo e incentivo. Foi um prazer andar nas ruas de Vinhedo e observar o quanto as pessoas depositavam suas esperanças.

Muito obrigado aos meus companheiros e companheiras da coligação Vinhedo Pode Mais, que não se elegeram, mas que cumpriram um belíssimo papel de apresentar um projeto para a cidade. Sem eles, essa vitória não seria possível. Obrigado ao Xinha e ao Coutinho candidatos a prefeito e vice. Obrigado aos candidatos a vereador: Agnaldo, Sônia Iodes, Sandro Rebecca, Mazinho, Faby Novelli, Marta, Julio Bispo, Noemia, Val, Alessandro Piui, Roberto Souza, Wilson Paffaro, Caty Reis, Manoel, Pedro Marcolino, Gilda, Ceará, Cícero, Evandro Fazion, Gilson Santana, Edivam de Jesus, Maria do Carmo, Ângelo Moraes, Claudinei, Desireé Loschi, Thitchous e Mirela da Costa.

Preciso fazer um agradecimento especial para a minha família, pilar fundamental desta vitória. Nos momentos difíceis de outras campanhas até aqui, sempre esteve presente ajudando em todos os sentidos. Meu muito obrigado e minha eterna gratidão.

Essa vitória também foi construída a partir de um trabalho coletivo de jovens, homens e mulheres, que acreditam na nossa história e nas nossas ideias. Muito obrigado a todos que apoiaram e ajudaram generosamente a divulgar nossa candidatura.

Nos últimos anos, me prepararei bastante para trabalhar pela cidade. Mas, preciso da ajuda das pessoas que querem mudar o jeito de fazer política no município, pavimentando um caminhado para uma Vinhedo cada vez melhor.

Preciso que acompanhem o trabalho da Câmara. Não será tarefa fácil! Quem se beneficia com as coisas erradas na cidade certamente vai reagir. Sei que vão acontecer ataques e sabotagens. Armadilhas serão montadas para desestabilizar o mandato popular.

Alguns desses instrumentos do banditismo político serão feitos abertamente e outros nos porões onde são arquitetadas outras barbaridades. Para isso, existem muitos mercenários e mercenárias dispostos, inclusive, a fazer o jogo sujo para outros elementos que não têm coragem de aparecer.

Por isso, quero sempre dialogar, ouvir críticas e sugestões. Precisamos organizar as entidades e os movimentos sociais. A sociedade civil organizada e os homens e mulheres de bem podem dar a retaguarda que vamos necessitar para seguir esta dura jornada que está por vir.

O mandato estará a serviço da construção de uma nova política em Vinhedo, com mais cidadania e participação popular. Vamos atuar pensando no futuro da nossa cidade, combatendo a corrupção e lutando por políticas públicas que beneficiem o conjunto da população.

Vinhedo Pode Mais!

Forte abraço!

Vinhedo, Primavera de 2012

Rodrigo Paixão – Vereador Eleito

Anúncios

  1 comment for “Vale a pena sonhar e lutar!

  1. Marcelo
    11 de outubro de 2012 às 11:21

    Rodrigo,

    Primeiramente, parabéns. Depositei em ti a confiança de me representar com ética, honestidade, democracia e muita luta. Acredito no seu senso democrático, estaremos juntos nessa luta contra os pilantras da política e para uma melhor gestão da cidade.

    Um Abraço

    Curtir

Muito obrigado por sua contribuição.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s