Mudar a Secretaria de Cultura ou mudar o Governo? – Parte II

No artigo anterior, procurei apresentar argumentos que sustentam a tese de que os problemas relacionados à política cultural, em Vinhedo, têm origem no comando central do Governo.

Resolvi escrever sobre o tema, porque o considero importante para uma cidade como a nossa, que pode ser referência nacional em produção cultural. Mas também, porque as especulações em torno da troca do Secretário de Cultura, voltaram à tona.

Ao conversar com artistas, músicos, escritores, militantes e agentes Culturais sobre os problemas da Cultura em nossa cidade, recorrentemente alguém diz que a “culpa é do Paulo Mattos”.

Em parte, essa formulação pode até ser verdadeira, mas é insuficiente porque, convenhamos, Paulo Mattos é um dos aliados mais leais do Prefeito. Seus erros e acertos são de sua responsabilidade, mas têm, em primeiro lugar, o aval do núcleo de comando.

Respondamos honestamente: Quem formula a proposta orçamentária que remete pouquíssimos recursos para o incentivo à Cultura? Quem decidiu terceirizar a Festa da Uva e convertê-la em um espaço onde as tradições e o apoio aos artistas locais passam longe? Quem nomeou toda a direção de Cultura (Secretário, Diretorias, Coordenadores de Oficinas, ACOVEC, etc)? Quem demitiu aqueles que, embora não tivessem apoiado a eleição de Milton, são unanimidades na cidade? Quem distribuiu o Plano de Governo dizendo que Cultura é bom para trazer indústrias?

As críticas que elegem unicamente Paulo Mattos para atacar estão, muitas vezes, encobertas por uma “cortina de fumaça” que ofusca alguns interesses:

– Opositores ou mesmo aliados de Milton Serafim que não querem o confrontar de frente (pelas mais diversas razões) costumam utilizar os Secretários como anteparo (e isso não é só em relação à Cultura)

– Aliados políticos que gostariam de um espaço no primeiro escalão do Governo pressionam para que exista mais uma Secretaria a disposição;

– Gente que gostaria de estar no Governo, mas não foi convidada quer “criar dificuldade para vender facilidade”, pressionando o Prefeito.

Pessoas realmente preocupadas com os rumos da Cultura da cidade, mas que não questionam o centro do problema, ingenuamente acabam jogando água neste moinho.  A história serve, entre outras coisas, para trazer lições. Portanto, não me surpreenderia se houvesse uma troca de Secretário para agradar alguns.

Caso ocorra, estaria fechado o cenário que remeteria ao romance “Il Gattopardo” (O Leopardo) que trata do jogo de intrigas e da decadência da aristocracia italiana durante o Renascimento.

O Príncipe de Falconeri sugeria a família real que “tudo deve mudar para que tudo fique como está”. Milton é esperto o suficiente para seguir este ensinamento – caso seja necessário. Mas, a indagação que está no título desse artigo, continuará presente.

Artigo publicado nos Jornais Tribuna de Vinhedo e Folha Notícias, em 01 e 02 de abril, respctivamente. (artigo de continuidade do publicado na semana passada)

Anúncios

  3 comments for “Mudar a Secretaria de Cultura ou mudar o Governo? – Parte II

  1. Daniele Consonni
    4 de abril de 2011 às 11:36

    Giuseppe Tomasi de Lampedusa escreveu aquele livro pensando na politica pre-mafia da Sicilia, onde jà dava para ver o começo do que depois virou a mafia.

    Curtir

  2. Rodrigo Paixão
    4 de abril de 2011 às 11:39

    Muito bem lembrado meu caro!

    Curtir

  3. Isabel
    5 de abril de 2011 às 01:14

    Realmente para uma cidade tão especial como Vinhedo é preciso que a cultura seja valorizada e não tratada como mais uma plataforma política. Cultura e educação são a base de qualquer cidadão e representam o progresso de uma nação e nunca devem ser usadas por interesses particulares.

    Curtir

Muito obrigado por sua contribuição.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s