Mudar a Secretaria de Cultura ou mudar o Governo? – Parte I

Não podemos nos esquecer que a riqueza de uma cidade não é medida somente por índices econômicos e obras. O patrimônio imaterial de nosso município está presente nas tradições e nas mais diversas formas de expressão cultural.

Quem não tiver sensibilidade política e social para, sequer compreende isso, tende a fazer um governo desastroso nesta área, mesmo em uma cidade que, proporcionalmente, tem um dos maiores orçamentos do país.

Em Vinhedo, a Cultura é uma área de governo que está relegada a segundo plano. Isso se dá a partir de uma ação de governo que foi arquiteta, desde o início da gestão, para que assim fosse tratada.

Em uma revista distribuída em setembro de 2008 pela coalizão que hoje governa a cidade, encontramos, na página 62, a seguinte pérola: “Milton Serafim sabe que as ações e obras que promovem a cultura, trazem visitantes e indústrias para Vinhedo”.

Essa confusão sobre o que é Cultura, mistura espetacularização com incentivo à cultura. Para o Prefeito, basta construir obras como estátuas greco-romanas, “pirulitos” e coisas do gênero para que, com isso, mais indústrias venham para Vinhedo.

Não podemos acusar Milton Serafim de ser incoerente. Ele fez isso nos governos anteriores e continua com a mesma postura no atual. Deixou claro isso em seu Programa de Governo e quem votou nele não deveria se surpreender.

O Governo não investe o necessário em Cultura, basicamente, por três razões:

1 – Por fazer parte de sua forma de pensar, como falei acima, a cultura enquanto patrimônio imaterial e que nem sempre aparece em formato de estátua ou obra, não é e não será prioridade;

2 – Governos com características populistas e autoritárias – como é o atual – não gostam da idéia de elevar o espírito crítico e criativo da população, já que o nível de consciência pode ser ampliado;

3 – A maioria da população não acompanha este debate e Cultura, infelizmente, vem bem depois na lista de prioridades e reclamações sobre os problemas do município. Quem faz ou teve acesso a pesquisas sabe ao que me refiro.

Essa forma equivocada de política cultural está institucionalizada. Até pouco tempo a cidade tinha uma Secretaria de Comércio, Indústria, Turismo e Cultura, tudo em uma mesmo pasta. Ao que tudo indica, só foi dividida para ampliar cargos e contemplar aliados políticos.

A interação da Cultura com as outras áreas de Governo deve ser feita de forma coordenada, e não burocrática. A Cultura tem interface com outras áreas sociais e interage com a realidade objetiva da cidade.

Por esta razão, as expressões culturais não são definidas somente por ações de governo. Elas têm dinâmica própria e, apesar de serem tratadas como secundárias pelo atual Prefeito, continuam vivas e atuantes.

Um governo que consiga dialogar e interagir com os agentes culturais (e não os desmerecer e confrontar, como ocorre atualmente) e também é claro, fazer o investimento necessário, poderá dar um grande salto de qualidade neste quesito.

Artigo publicado nos Jornais Tribuna de Vinhedo e Folha Notícias, nos dias 25 e 26 de março, respectivamente.

Anúncios

  1 comment for “Mudar a Secretaria de Cultura ou mudar o Governo? – Parte I

  1. Daniele Consonni
    29 de março de 2011 às 11:59

    Uma solução pode ser trasformar os projetos de cultura em momentos de agregação das pessoas.
    Pode ser musica, teatro, seja faze-los, seja asisti-los.
    Depois vai ser o povo mesmo que vai pedir mais cultura e premiar o governante que vai oferecer mais.

    Não tem sentido em oferecer um produto (a cultura) que não seja pedido pelos usuarios, antes precisa ser criado o prazer pela cultura.

    Curtir

Muito obrigado por sua contribuição.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s