Sobre Água e Cargos

Essa semana, a princípio, meu plano era escrever sobre política internacional. A força dos acontecimentos, no entanto, me forçou a mudar de idéia. Nestes primeiros meses de governo, o problema da água no município já pautou os debates na Câmara e foi, negativamente, notícia nos jornais.

Nas primeiras semanas do ano, a taxa de água aumentou bem acima da inflação, acompanhando o absurdo aumento dos preços das passagens. Já no mês de fevereiro, durante a realização da festa da Uva, a Capela, bairro onde residem próximo de 1/3 da população, ficou sem água durante 25 horas.

Prontamente, o governo e sua base de sustentação na Câmara, apresentaram para a cidade, a versão de que um transformador de energia da ETE II havia quebrado. Ainda que esta versão seja verídica, ela não encobre o fato de que não existe nem planejamento e nem um plano sério para resolver esta questão.

É sintomático que, enquanto no último dia 22, comemoramos o dia mundial da água, o governo encaminhou para a Câmara um projeto que prevê a contratação de cargos – sem concurso público – com altos salários para a SANEBAVI.

Lembro bem de uma entrevista que o Prefeito Milton Serafim deu ao Correio Popular, logo após sua vitória no último pleito. Questionado sobre quais medidas adotaria contra os efeitos da crise, o centro de sua resposta era que diminuiria cargos de confiança para economizar receitas.

Coerência é uma coisa que parece caminhar distante das principais ações do governo. A cada medida anunciada é possível observar grandes contradições. Não só contradições, mas também falta de uma estratégia que tenha compromisso com o futuro da cidade. Como resolverá o problema crônico da água?

Aliás, outra proposta recente da Prefeitura é mudar os requisitos para contratação do Superintendente. Hoje são exigidos “formação universitária e conhecimentos prévios em Administração Pública”, mas a proposta é que qualquer pessoa, possa ocupar o cargo máximo da SANEBAVI. Uma proposta feita sob encomenda para o atual ocupante, irregular no posto.

O Superintendente da SANEBAVI, Odair Fernando Seraphin (Canjica), um dos parentes do Prefeito nomeados para o governo, diz que a saída está nos poços artesianos. Não somente o primo do prefeito anunciou esta proposta brilhante. O próprio Milton se dirigiu a cidade em mais de uma ocasião defendendo esta medida.

Contudo, ele se esquece de avisar algumas coisas importantes. Já estamos no limite dessa alternativa e o Distrito Industrial, por exemplo, tem seu abastecimento quase que totalmente dependente dessa fonte.

Não fala também que foi processado e que a justiça entendeu que as licitações relativas a perfuração de poços foram irregulares. Mais do que isso, laudos de entidades importantes apontam que nosso aqüífero não é renovável e não é indicado para consumo em larga escala.

Para manter popularidade, Milton está preocupado em resolver o problema de agora. Isso, depois de conduzir, durante 8 anos, uma política urbana irresponsável que deixou Vinhedo a deriva. Desperdiçamos mais de 45% de água, enquanto os níveis aceitáveis seriam de, no máximo, 15%! Os estudos realizados até aqui apontam que teremos um colapso no sistema de abastecimento em menos de uma década.

Precisamos reduzir este desperdício absurdo, cuidar das nossas fontes e ampliar as possibilidades de reserva de forma ordenada. A SANEBAVI precisa atuar de forma planejada e responsável. No ano de 1990, o Vista Alegre, já prevendo este cenário, fez sua parte.

Neste sentido, a Câmara deveria se preocupar seriamente. Essa semana, parcela dos vereadores, após uma conversa com o Prefeito, resolveu deixar as críticas de lado. Será um desastre se o Legislativo se curvar ao Executivo.

A cidade deve ficar atenta às nomeações que serão feitas para a SANEBAVI.

Vinhedo, 27 de março de 2009.

Anúncios

Muito obrigado por sua contribuição.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s